segunda-feira, 6 de outubro de 2014

de de

Ampulheta



O que define o tempo? Se não minutos de um relógio, grãos de areia dentro de uma ampulheta...
o que define o tempo? Se não as marcas de expressão e sinais de velhice em nossos rostos...

Pare de viver como se estivesse em uma corrida contra o tempo, tens que chegar mais rápido, ou ele te alcançará
e te fará fracassar.
Pare de disputar a vida.

Quando uma ampulheta se encontra sem grãos de areia ela não determina quanto tempo lhe resta. A vida não determina nosso prazo
de validade. Não determina quando temos ou devemos fazer isso ou aquilo.

O que define o que devemos ou não fazer? O tempo? A vontade? a necessidade ou a felicidade?
Não pense que se não fizer isso ou aquilo sua vida será um fracasso, viva um dia de cada vez, de passos lentos,
desfrutando do que os momentos estão proporcionando, aproveitando e fazendo das necessidades florescer a felicidade, independente de dinheiro,
de regras, de condutas e de padrões. 

Não queira um relógio contando os minutos perdidos, queira mais momentos cheios de harmonia e leveza, sem a pressão do cotidiano, afinal, envelhecer é arte! 
Envelhecer faz parte! Queira mais calmaria, menos loucura,menos paranoias. 

Daniela Vieira

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

É um prazer ter você por aqui! Deixe seu comentário!!