quarta-feira, 15 de abril de 2015

de de

Bioconstrução, o que é?

Olá gente, tudo bem com vocês?! Que tal conhecer um pouquinho sobre Bioconstrução?! Já ouviu falar? Não?! Então vem!!

   A população mundial vem crescendo cada dia mais, estamos num pico de crescimento, com isso precisamos cada vez mais de recursos para sobreviver, um deles com certeza são os materiais para a construção de nossa moradia, você sabe como é feito esses materiais? Para fazer os tijolos de barro por exemplo é preciso de grandes fornalhas para que esse tijolos assem e saiam dos fornos prontos para serem utilizados, com isso a uma alta demanda de madeira, o que convenhamos não ser a melhor opção sabendo da dificuldade que enfrentamos hoje em dia com os desmatamentos, plantações e também tendo em vista a dificuldade que a maioria da população se encontra financeiramente para a compra de materiais de construção, e é aí que a Bioconstrução entra com tudo na etapa da moradia de qualidade, barata e ecológica. O que ajuda a humanidade e a natureza em si. 
   O conceito de Bioconstrução é baseado em diversas técnicas de arquitetura e inclui todo um design permacultural, tendo uma ligação direta com o ambiente e os recursos disponíveis causando o mínimo de impacto possível sobre o ambiente além de fornecer soluções ecológicas para diversas demandas de uma casa, como saneamento, produção de energia, etc. Existem diversas técnicas de bioconstrução e para escolher a melhor você deve analisar os materiais disponíveis e até mesmo as melhores técnicas para cada local, isso vai variar se o clima é tropical úmido, tropical seco ou tropical temperado. Em nosso país as técnicas mais utilizadas são aquelas que precisam de materiais como a terra e as fibras renováveis, mas qual a melhor utilizar vai depender de onde cada um mora e deseja bioconstruir. 
   O mais legal da bioconstrução é que além de ter um custo em média 50% mais barato do que as construções convencionais ela não necessariamente necessita de mão de obra especializada, ou seja, você, sua família e amigos podem fazer, é colocar a mão na "massa" e começar, claro que para isso você precisa saber o básico do tipo da técnica da bioconstrução que será utilizada, para isso existem diversos cursos no Brasil fornecidos por Institutos de Permacultura e Bioconstrução e Ecovilas, além dos cursos existem mutirões de ajuda e aprendizado realizados em diversas partes do país que fornecem esse tipo de vivência, é fácil de achar!!!
   Agora você deve estar pensando "nossa que trabalheira" ou então "deve ficar estranho", pois eu te digo que não isso não é verdade, o trabalho é pesado mas compensa cada etapa, a satisfação é maior do que o cansaço e além disso você estará contribuindo para um mundo mais "verde", sobre "ficar estranho" isso vai variar de sua criatividade, afinal na bioconstrução você tem a liberdade de ser criativo e trabalhar para que sua casa seja fantástica!!!

Veja abaixo um exemplo de casa em construção com uma das técnicas de bioconstrução:


Se vocês pesquisarem no google poderão ver muitas casas prontas e maravilhosas feitas com essas técnicas. A casa pode ser feita no formato que você quiser, essa da foto por exemplo tinha formato de círculo, ela pode até mesmo se parecer com as pequenas casas dos Hobbits em Senhor dos Anéis, a criatividade é sem limites, use e abuse dela para fazer como você gostaria!!!

Referências:
Livro: Manual do Arquiteto Descalço
Instituto de Permacultura - IPOEMA

E por hoje é só pessoal, gostaram?? Trarei mais post relacionados a esse tema, fiquem ligados!!! Não perca a oportunidade de bioconstruir, aprenda, faça, respeite o ambiente!!! Beijinho queridos e queridas e até o próximo post!!!

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Gostei muito da idéia. Acho válida e necessária. Entretanto uma dúvida não foi sanada. Quanto ao custo da produção. Padrão normal x sustentabilidade. Outro quesito surge quanto a viabilidade de construção em massa. Pois assim, poderíamos, caso o custo seja inferior, diminuir os altos índices do deficit mobiliário. Ou seja, agir em duas frentes, a social e a ambiental.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse no texto, em relação às construções convencionais o custo de uma bioconstrução é inferior, em média 40-50% a menos, não existe a produção de tijolos comuns, existem diversas técnicas de bioconstrução que podem utilizar a terra como material e/ou também as fibras renováveis de bambu e o bambu em si, etc. Em outro post falarei mais a respeito de algumas das técnicas!!! Fique de olho!!! Sobre a questão social é isso mesmo uma forma de combater os altos índices mobiliários, afinal as pessoas tem um acesso mais fácil e barato a esse tipo de construção o que viabiliza muito a produção de moradias, e como você mesmo disse a natureza agradece! Obrigada pelo comentário!!! Beijinho

      Excluir

É um prazer ter você por aqui! Deixe seu comentário!!